Você está em: Principal → Mídia → Notícias

notícias

26 de outubro de 2013

OSS HMTJ promove I Simpósio de Saúde Materno-Infantil

Incentivar o estudo e a pesquisa na área de saúde como ferramenta para promoção da melhoria na qualidade da assistência prestada à população usuária do SUS. Este é um dos fundamentos que fizeram a Organização Social de Saúde Hospital Maternidade Therezinha de Jesus (OSS HMTJ) realizar o I Simpósio de Saúde Materno-Infantil das unidades geridas pelo grupo, tendo tema "Desafios na Assistência à Prematuridade". As palestras foram direcionadas para colaboradores e estudantes.

- Entendo o trabalho da OSS HMTJ como sendo assistencial e também de ensino e acredito que o desenvolvimento da inteligência do grupo é uma forma de melhorarmos continuamente os serviços prestados e oferecer aos pacientes uma assistência mais humana, segura e eficaz - disse o presidente do Conselho da OSS HMTJ, José Mariano Soares de Moraes.

O grupo é responsável pela gestão de três hospitais de referência no Rio de Janeiro no cuidado de gestantes e bebês, por meio de contrato com a Secretaria de Estado de Saúde. O Hospital e Clinica da Mãe de Mesquita para atendimento de baixa complexidade; o Hospital da Mulher Heloneida Studart, em São João de Meriti, para casos de alta complexidade; e o Hospital Estadual Melchiades Calazans, em Nilópolis, que também conta com maternidade. No simpósio foram abordados temas desde a chegada da assistência em saúde materno-infantil ao Brasil, passando pelos desafios do diagnóstico até chegar ao que há de mais novo no cuidado a estes pacientes.

- O simpósio contou com a participação de 10 professores de renome e abordou temas importantes relacionados à prematuridade. Nossa missão é oferecer uma assistência obstétrica e neonatal de excelência - destacou o coordenador do Centro de Estudos e Pesquisas do Hospital e Clínica da Mãe de Mesquita, Philippe Godefroy.

Gestão de qualidade - Em junho de 2012, data da inauguração do Hospital e Clínica de Mesquita, a OSS HMTJ assumiu a gestão da primeira unidade de saúde no estado. Em janeiro de 2013 foi a vez de assumir a gestão do Hospital Estadual Melchiades Calazans e, em março, do Hospital da Mulher Heloneida Studart. A somatória do serviço prestado nestas três unidades até agora indicam números impressionantes - foram feitas 63 mil consultas de urgência e emergência; 49,7 mil atendimentos multiprofissionais; 43,1 mil exames de ultrassom e 10,8 mil partos, com 99,2% de desfechos positivos.

A OSS HMTJ também faz a gestão dos leitos de UTI do Hospital Estadual Albert Schweitzer e das Unidades de Ponto-Atendimento (UPAs) Tijuca, Jacarepaguá, Botafogo e Copacabana.

nossas unidades

UPA Nova Serrana


Hospital de clinicas sul - São José dos Campos

Hospital de Clinicas Sul
São José dos Campos

Upa Norte Betim

UPA Norte Betim