Você está em: Principal → Mídia → Notícias

notícias

14 de abril de 2014

Mães de 1º viagem recebem atendimento especial no Hospital Estadual da Mãe de Mesquita

Orientar futuras mamães sobre as mudanças no corpo, alimentação adequada, suporte psicológico, cuidados com o bebê e incentivo à amamentação são alguns dos objetivos do ambulatório que começa a funcionar no Hospital Estadual da Mãe de Mesquita, voltado para mães de 1º viagem. O serviço contará com médicos, nutricionistas, enfermeiros, assistentes sociais e psicólogos. As consultas médicas e com nutricionistas serão individuais e um grupo de multiprofissionais fará reuniões mensais para orientar as gestantes e tirar dúvidas. Os pré-requisitos para participar do serviço é ter mais de 19 anos e estar fazendo o pré-natal na unidade.

O diretor do hospital, Sergio Teixeira, explica como surgiu a ideia de criar um serviço voltado especialmente para mães que esperam o 1º filho.

- Quando uma mulher vai ser tornar mãe, normalmente, ela sente dúvida sobre as mudanças pelo qual o seu corpo está passando, o momento do parto e se saberá cuidar do bebê. Foi observando as pacientes que decidimos oferecer não só assistência médica às gestantes, mas também disponibilizar uma equipe de multiprofissionais para orientá-las em todos os aspectos que envolvem a gravidez e a chegada do bebê - explica o diretor.

A técnica de enfermagem Rosana Borges, de 28 anos, está no 3º mês de gestação. Mesmo trabalhando na área de saúde, ela conta que sente dúvidas. Fazendo o pré-natal na unidade, Rosana é uma das pacientes convidadas a participar do ambulatório "Mãe de 1º Viagem".

- Desde que soube que estava grávida comecei a sentir ansiedade com as mudanças no meu corpo. Quando vou para a consulta, sempre levo um caderninho com as minhas dúvidas. Então, poder participar de um grupo especialmente criado para orientar mães que esperam o 1º filho irá ajudar muito - afirma Rosana.

Com uma média mensal de mais de cinco mil atendimentos ambulatoriais e 530 partos, a unidade, inaugurada em junho de 2012 e gerida pela OSS HMTJ desde então, é referência no atendimento de gestantes e bebês de baixo risco na Baixada Fluminense.

Atendimento às adolescentes - Em abril de 2013, o Hospital Estadual da Mãe de Mesquita inaugurou o Centro de Estudos e Atendimento da Mulher Adolescente (Ceama), projeto que faz parte do Ambulatório de adolescentes que funciona na unidade. As pautas dos encontros, que acontecem todas as manhãs de segunda-feira, abordam temas essenciais neste momento da vida das jovens como alterações fisiológicas da gestação, mudança do corpo e das emoções, nutrição e aleitamento materno, direitos civis da gestante, importância da continuidade dos estudos, planejamento familiar e orientações sobre DSTs e contracepção, cuidados com o bebê, além de promover a troca de experiência entre as participantes. Os pré-requisitos para a gestante ser atendida pelo serviço é ter menos de 19 anos e estar fazendo o pré-natal no hospital. Hoje, 20% das gestantes atendidas na unidade são adolescentes.

 

nossas unidades

UPA Nova Serrana


Hospital de clinicas sul - São José dos Campos

Hospital de Clinicas Sul
São José dos Campos

Upa Norte Betim

UPA Norte Betim