Você está em: Principal → Mídia → Notícias

notícias

27 de setembro de 2013

Hospital Melchiades Calazans é referência na rede estadual no atendimento de pacientes queimados acima de 12 anos

Flavio dos Santos é um dos 237 pacientes atendidos no CTQ do hospital/ Crédito: OSS HMTJO Hospital Estadual Vereador Melchiades Calazans (HEVMC), em Nilópolis, é o primeiro Centro de Tratamento de Queimados (CTQ) da rede estadual de saúde pública e é uma das unidades de referência neste tipo de atendimento. Com sete leitos, a unidade recebe pacientes acima de 12 anos de todo o estado que sofreram queimaduras graves e necessitam de atendimento rápido e altamente especializado. O setor tem acesso próprio no hospital e uma equipe exclusiva, que conta com cirurgião geral e clínico em tempo integral, enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas, nutricionistas, fonoaudiólogos, psicólogos e assistentes sociais. Em dois anos de funcionamento foram atendidas 237 pessoas.

O cuidado na assistência a esse tipo de paciente é explicado pelo grau de debilidade apresentado pelas pessoas internadas e o risco de complicações. Além dos leitos, equipados com monitores e respiradores, há uma sala própria para banho, que conta com todos os equipamentos necessários à segurança na realização deste procedimento, que é feito com anestesia, e outra sala com dois leitos, voltados para receber pacientes em estado muito grave. Grande parte das vítimas é proveniente de tentativas de suicídio ou homicídio com álcool, gasolina ou água quente ou acidentes de trabalho.

- Os pacientes atendidos no CTQ são pessoas com queimaduras de segundo e terceiro graus, com áreas atingidas muito extensas. Por isso, contamos com uma equipe altamente especializada no atendimento e com os recursos necessários na assistência destes pacientes - explica o diretor do hospital Carlos de Moura.

O funcionário público Flavio dos Santos, de 46 anos, morador de Anchieta, deu entrada no HEVMC com queimaduras na face, braços e mãos, após ter sido atingido por óleo fervendo quando fritava bolinhos. Depois de 12 dias internado, Flavio descreve o atendimento recebido e faz planos para o futuro.

- Nos dias em que fiquei internado no Hospital Melchiadas Calazans constatei que existem pessoas dedicadas ao próximo. Estou muito agradecido pelo atendimento que recebi aqui. Agora, quero reencontrar a minha família e amigos e comemorar com eles esta nova chance que a vida me deu - diz Flavio, emocionado.

Gestão - Desde abril de 2012, a Secretaria de Estado de Saúde vem reorientando o modelo de gestão e atenção à saúde no Estado do Rio de Janeiro no intuito de melhorar a prestação dos serviços e a satisfação do usuário. A implementação dessa nova forma de administração tem como objetivos reduzir custo, melhorar a gestão e garantir um atendimento de qualidade à população. O Hospital Estadual Vereador Melchiades Calazans passou a ser gerenciados pela Organização Social de Saúde Hospital Maternidade Therezinha de Jesus (OSS HMTJ), fornecendo todos os recursos humanos e materiais necessários ao adequado funcionamento do hospital, dentro dos parâmetros e diretrizes estabelecidos pela Secretaria.

 

nossas unidades

UPA Nova Serrana


Hospital de clinicas sul - São José dos Campos

Hospital de Clinicas Sul
São José dos Campos

Upa Norte Betim

UPA Norte Betim