Você está em: Principal → Mídia → Notícias

notícias

21 de novembro de 2014

Hospital Estadual da Mãe, em Mesquita, é o primeiro a oferecer o Teste da Linguinha na rede pública estadual

Com pouco mais de um dia de vida, Ana Clara Aragão recebeu a visita de uma fonoaudióloga. Em 10 minutos, a pequena fez o Teste da Linguinha, exame que passa a fazer parte da rotina dos procedimentos realizados nos recém-nascidos do Hospital Estadual da Mãe, em Mesquita, antes da alta. A unidade é pioneira na implementação deste teste na rede pública estadual, em cumprimento a Lei 13.002/14, que obriga as maternidades a realizarem o procedimento e entra em vigor em dezembro de 2014. Na unidade, o exame é realizado desde setembro.

O Teste da Linguinha é indolor e feito por um fonoaudiólogo, que examina a língua e a boca do bebê, além de verificar se o recém-nascido está conseguindo amamentar. Durante a visita, as mães recebem orientações sobre a importância da amamentação e são estimuladas a oferecer o leite materno como alimento exclusivo até o 6º mês de vida do bebê e a manter este hábito até pelo menos o 2º ano.

- O Teste da Linguinha serve para identificar se o recém-nascido tem alguma alteração no frênulo da língua. Com isso, conseguimos evitar que as crianças sofram futuramente com problema na fala, conhecido popularmente como "língua presa". Se houver alteração no teste, o paciente recebe encaminhamento para uma unidade da rede básica de saúde para fazer o tratamento - explica a fonoaudióloga responsável pelo teste no Hospital da Mãe, Valéria Moreira.

Outro grande motivo para implementação do Teste da Linguinha é o trabalho que a maternidade desenvolve desde a sua inauguração, em junho de 2012, de incentivo ao aleitamento materno. Durante o pré-natal, todas as gestantes recebem orientações de multiprofissionais, com palestras sobre cuidados com a saúde da mãe e do bebê. Um dos temas recorrentes é sobre a importância da amamentação. Além disso, as parturientes são incentivas a fazer o aleitamento na primeira meia hora de vida do recém-nascido.

Orgulhosa, Larissa de Matos, mãe da Ana Clara, observa a filha mamando e afirma:

- Acho importante este Teste da Linguinha para ter certeza que minha bebê não terá dificuldade para mamar ou problema de fala. Quando tive o meu primeiro filho, há quatro anos, ele mamou por apenas três meses. Já durante o pré-natal da Ana Clara no Hospital da Mãe, recebi informações e me sinto mais preparada para amamentá-la por mais tempo.

Triagem neonatal - O Hospital Estadual da Mãe, em Mesquita, realiza outros quatro testes nos bebês nascidos na unidade. O exame do Coraçãozinho verifica se o recém-nato tem alguma alteração cardíaca. O Teste da Orelhinha analisa problema auditivo ou diferença na capacidade de audição nos ouvidos. O do Olhinho é feito para diagnosticar catarata congênita e o Teste do Pezinho é realizado apenas em bebês internados, já que ele precisa ser feito a partir de 5º dia de vida. Esta última triagem é para diagnosticar hipotireoidismo congênito, fenilcentonúria e anemia falciforme.

nossas unidades

UPA Nova Serrana


Hospital de clinicas sul - São José dos Campos

Hospital de Clinicas Sul
São José dos Campos

Upa Norte Betim

UPA Norte Betim