Você está em: Principal → Mídia → Notícias

notícias

14 de junho de 2013

Hospital e Clínica da Mãe completa um ano como principal maternidade para atendimento de pacientes do SUS na Baixada Fluminense

 

A inauguração há um ano do Hospital e Clínica da Mãe de Mesquita tinha como objetivo por parte da Secretaria de Estado de Saúde (SES) reforçar o atendimento ambulatorial de pré-natal e maternidade para moradoras da Baixada Fluminense. O foco sempre foi o acompanhamento completo da mãe - do pré-natal ao parto e puerpério. São 70 leitos de internação, 8 leitos de UI Neonatal e 12 salas de PPP, além de leitos de recuperação pós-anestesia, assistência aos recém-nascidos e centro cirúrgico. Durante a gestação, as mulheres passam por consultas com os obstetras, realizam exames de imagem e laboratório, recebem orientação multidisciplinar de cuidados com o bebê, além do incentivo à amamentação. O número de partos, consultas e exames realizados desde então comprovam não só a eficiência do trabalho realizado na unidade, mas também a importância do hospital à população. Hoje, o Hospital e Clínica da Mãe é a principal maternidade para gestantes de baixo risco da região, somando 4.189 partos, 59.547 consultas e 124.775 exames realizados nos últimos 12 meses.

Nova Iguaçu, São João de Meriti e Mesquita são os municípios com maior número de gestantes atendidas na unidade, que conta atualmente com uma equipe de 445 colaboradores diretos. Alguns dos serviços oferecidos às pacientes são pioneiros no país como o uso de óxido nitroso para analgesia de parto. Muito usada na Inglaterra, a técnica anestésica traz grande conforto às mulheres durante o trabalho de parto. Outro serviço de destaque é a fisioterapia durante o pré-natal, indicada para diminuir a dor e os problemas de circulação relacionados à gestação. As pacientes passam por uma avaliação de multiprofissionais e, quando há indicação, fazem exercícios de fisioterapia, pilates, respiração, massagens e são orientadas sobre os cuidados com as atividades diárias.

A gestão do Hospital e Clínica da Mãe é feita pela Organização Social de Saúde Hospital Maternidade Therezinha de Jesus (OSS HMTJ), por meio de contrato com a Secretaria de Estado de Saúde, desde a sua inauguração. A meta de ser a principal unidade de saúde no atendimento de gestantes de baixo e médio riscos na Baixada foi atingida já no primeiro ano de funcionamento.

- As conquistas alcançadas no primeiro ano do hospital são resultado da parceria entre a SES e a OSS HMTJ, que compartilham do mesmo objetivo de oferecer um serviço de excelência aos usuários do SUS. A OSS HMTJ traz ao sistema público técnicas de gestão em saúde que estão na vanguarda do que existe no sistema privado. Chegamos ao primeiro aniversário do hospital com a satisfação de cumprir as metas estipuladas pela SES com um custo significativamente menor do orçado inicialmente e, principalmente, com um retorno positivo por parte da população do serviço de saúde oferecido - destaca o diretor de Unidades Hospitalares da OSS HMTJ, Thiago Moraes.

Durante o evento de comemoração da data, a subsecretária de Unidades Próprias da SES, Ana Lúcia Eiras, destacou o trabalho de todos os profissionais envolvidos na gestão do hospital e no atendimento dos pacientes.

- Vocês fazem a diferença na vida de milhares de famílias atendidas aqui tanto por trazer à vida os mais de 4 mil bebês como por oferecer os cuidados necessários para aqueles que precisaram de atendimento ao logo deste primeiro ano de funcionamento do hospital. A equipe está de parabéns - disse Ana Lúcia Eiras. 

Primeiro nascimento - Os primeiros passinhos de Maria Eduarda são acompanhados com alegria pela mãe Amanda Felix, de 20 anos. Há um ano, ela foi a primeira gestante a dar à luz no Hospital e Clínica da Mãe e relembra com emoção da experiência.

- Cheguei ao hospital para fazer uma consulta, mas comecei a ter contrações e minha filha nasceu no mesmo dia. Lembro da atenção e do cuidado que recebi dos funcionários e da emoção que todos sentiam com a chegada da minha filha - diz Amanda.

Capacitação dos profissionais - Inaugurado em agosto de 2012, o Centro de Estudos e Pesquisas foi criado com o objetivo de coordenar os eventos científicos realizados pelos Hospitais da Mãe, da Mulher, Melchiades Calazans, setor de UTI do Albert Schweitzer e UPAs de Botafogo, Tijuca, Copacabana e Jacarepaguá, todas geridas pela OSS HMTJ. O Centro, localizado junto ao Hospital da Mãe, promove palestras de capacitação e atualização dos profissionais e, recentemente, passou a oferecer oportunidades para que os profissionais da rede básica de saúde e estudantes da região participem das palestras.

 

 

nossas unidades

UPA Nova Serrana


Hospital de clinicas sul - São José dos Campos

Hospital de Clinicas Sul
São José dos Campos

Upa Norte Betim

UPA Norte Betim