Você está em: Principal → Mídia → Notícias

notícias

12 de janeiro de 2015

Hospitais estaduais fazem mais partos normais que média nacional. Maternidade de Mesquita é destaque

Mais de 24 mil recém-nascidos vieram ao mundo em hospitais da Secretaria de Estado de Saúde ao longo de 2014. Do total de partos nas oito maternidades estaduais, 15.519 foram normais e 9.001, cesáreas. O número de partos normais nos hospitais do Estado do Rio foi de 64%, ou seja, acima da média nacional, que foi de 48% – segundo pesquisa realizada ano passado pela Fiocruz. Entre as unidades da SES, o destaque foi o Hospital Estadual da Mãe, que realizou 6.123 partos, dos quais 78% foram normais.

O parto normal é o procedimento mais recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), pois é mais seguro tanto para a mãe quanto para o bebê. As vantagens são várias, como índices de complicações reduzidos, diminuição das dores pós-operatórias e agilidade na recuperação da mãe. A SES implementa condutas de conscientização da equipe, a fim de que os médicos tenham uma abordagem criteriosa para a melhor prática, seja ela o parto normal ou cesáreo, respeitando o perfil clínico da gestante. O objetivo é que não sejam realizadas cesarianas de maneira indiscriminada.

- Todas as maternidades estaduais adotam a política nacional de humanização, que preconiza o parto humanizado. Essas técnicas procuram minimizar o estresse no trabalho de parto e propiciam maior tranquilidade durante o nascimento do bebê. Nossas unidades têm perfil para partos de alto risco, portanto o parto normal é incentivado respeitando as condições clínicas da paciente – afirma o coordenador de maternidades da Secretaria de Estado de Saúde, Jorge Calás.

Humanização - Outros projetos com foco no atendimento humanizado tiveram início na rede estadual de saúde em 2014. O uso da redinha foi um deles, sendo introduzido nas Unidades de Terapia Intensiva e Unidade Intermediária (UI) Neonatal da maternidade dos hospitais estaduais Rocha Faria, Albert Schweitzer, Mãe e Mulher Heloneida Studart. Colocado em uma rede dentro da própria incubadora, o bebê fica cerca de uma hora e meia, favorecendo uma recuperação mais rápida.

Música Ambiente - Este ano, o Hospital Estadual da Mãe passou a oferecer música ambiente para embalar as mamães e os bebês. As canções tocam na sala de Pré-parto e parto (PPP) e a UI Neonatal. O repertório é vasto: de música clássica, passando por MPB, baladas internacionais, até rock, mas todas elas em versão mais lenta para proporcionar calma e tranquilidade em um momento tão singular e especial.

Banheira para relaxamento pré-parto - No último ano, o Hospital Estadual dos Lagos, em Saquarema, incluiu outro projeto para manter uma maior proximidade entre mãe e filho. É a banheira de parto, que possibilita momentos de relaxamento através da imersão em água morna.

 

Fonte: SES-RJ

nossas unidades

UPA Nova Serrana


Hospital de clinicas sul - São José dos Campos

Hospital de Clinicas Sul
São José dos Campos

Upa Norte Betim

UPA Norte Betim