Você está em: Principal → Mídia → Notícias

notícias

19 de janeiro de 2017

Chikungunya: tire suas dúvidas sobre a doença e faça sua parte no combate ao Aedes aegypti

A medida parece simples e é: bastam dez minutos por dia, uma vez por semana para realizar uma vistoria completa em casa, eliminando possíveis criadouros do mosquito. Apesar de simples, é preciso que a orientação seja praticada por todos, justamente para evitar a proliferação do vetor. Com a chegada do verão e a temporada de chuvas no estado do Rio, a secretaria de Estado de Saúde reforça a necessidade de cada um fazer a sua parte no combate ao inseto, que transmite doenças já consideradas um dos maiores desafios para a saúde pública no mundo.

- A grande maioria dos focos está localizada dentro das casas das pessoas, já que este é um mosquito doméstico. Por isso, é fundamental que todos estejam envolvidos para eliminar possíveis criadouros. Como o ciclo de reprodução do mosquito varia entre 7 e 10 dias, basta que cada um faça uma vistoria semanal em casa, que não leva mais de dez minutos, para garantir que ele não encontre o ambiente que procura para colocar os ovos - explica Alexandre Chieppe, subsecretário de Vigilância em Saúde.

Na última terça-feira (17/1), o subsecretário esclareceu dúvidas de internautas e forneceu informações sobre o Aedes aegypti e as doenças que o mosquito transmite. Abaixo, você confere o conteúdo completo.

https://www.facebook.com/governodorio/videos/10155270127826029/

 

nossas unidades

UPA Nova Serrana


Hospital de clinicas sul - São José dos Campos

Hospital de Clinicas Sul
São José dos Campos

UPA JK Contagem